×

Eleições 2022 | Band exclui a única candidata mulher negra de esquerda do debate com candidatos ao governo do RS

Neste domingo (7) na Band ocorreu o primeiro debate com os candidatos ao governo do Estado do RS, porém, o canal ignorou a existência da única candidata mulher, negra e de esquerda, Rejane de Oliveira, do PSTU que constrói o Pólo Socialista e Revolucionário. Querem vetar a presença de uma candidatura que se coloca contra a conciliação de classes. Outro candidato de esquerda também foi excluído do debate, Carlos Messala do PCB.

segunda-feira 8 de agosto | Edição do dia

O debate ocorreu com a presença de todas as figuras mais asquerosas e reacionárias da direita e da extrema direita como Onix Lorenzoni (PL), Luiz Caros Heinze (Progressistas), Ricardo Jobim (Novo), Carlos Vieira da Cunha (PDT), Eduardo Leite (PSDB), Roberto Argenta (PSC), Vicente Bogo (PSB, mesmo partido de Alckmin, vice de Lula) e o candidato do PT com o Psol, que sequer se manifestou sobre a ausência dos outros candidatos da esquerda, Edegar Pretto.

Valéria Muller, candidata a deputada federal pelo MRT que também constrói o Pólo Socialista e Revolucionário, se manifestou nas redes sociais durante o debate apontando para o tremendo absurdo que foi o fato de simplesmente Rejane não ter sido convidada.

O debate que mais pareceu uma competição para ver quem seria o governador mais privatista e capacho do empresariado gaúcho para seguir descarregando a crise nas costas dos trabalhadores, teve também o discurso conciliador de Edegar Pretto com o embaraço de concorrer contra o candidato do mesmo partido do vice de Lula, Vicente Bogo do PSB, porém, não teve nenhuma alternativa de independência de classe que poderia ter sido apresentada por Rejane de Oliveira que não foi convidada. É bastante escandaloso também o fato de Edegar Pretto do PT que compõe chapa com Pedro Ruas do PSOL não ter se manifestado sobre a ausência tanto de Rejane do PSTU quanto de Carlos Messala do PCB. Tanto o PSOL quando o PT seguem sem se manifestar sobre o assunto.

Com todas as nossas diferenças, nós do MRT nos solidarizamos com Rejane de Oliveira do PSTU e colocamos o Esquerda Diário à disposição para denunciar a ausência da esquerda e exigir a sua presença nos debates democráticos em todos os veículos de comunicação.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias