Educação

BOLSOLÃO

Ibaneis tentou reabrir escolas após receber verbas do mensalão de Bolsonaro, o Bolsolão

7 milhões do “orçamento secreto” do presidente foram para região onde tem Ibaneis possui extensas fazendas, no Piauí. Dinheiro veio de "cota" que Bolsonaro usou para comprar apoio de parlamentares e governadores. Depois disso, Ibaneis mudou de postura e passou a dizer que isolamento e escolas fechadas "de nada serviam", seguindo as ordens do mandatário do Planalto.

sexta-feira 14 de maio| Edição do dia

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Governador Ibaneis Rocha do MDB, tratado pela grande mídia hegemônica burguesa como um político “moderado”, seria também oposição ao Bolsonaro, somente pelo fato de ter decretado que fechassem-se escolas e comércio ao início da pandemia.

Escondiam claramente neste discurso falacioso que Ibaneis e Bolsonaro, como boa parte dos políticos deste regime, guardam mais pontos em comum do que o inverso e que suas discordâncias são meramente ao quanto entra em seus bolsos.

Ibaneis decidiu por exemplo, tentar reabrir as escolas do Distrito Federal, se aliando a Bolsonaro e passou a dizer que “restrições de nada servem”. A “coincidência” desta mudança vem concomitante com o orçamento secreto de Bolsonaro, o chamado Bolsolão, pago para subornar parlamentares e políticos do executivo com emendas.

As escolas porém só não foram reabertas após a luta dos professores e funcionários da escola, que conseguiram barrar o projeto de morte de Ibaneis, que jogaria professores e alunos a uma roleta russa mortal.

Ibaneis se beneficiou do Bolsolão após ganhar parte dos 15 milhões que Bolsonaro destinou a compra do apoio de parlamentares, governadores e prefeitos. Destes 15 milhões, cerca de 7 milhões teriam sido enviados a cidades no interior do Piauí, onde o governador tem extensas fazendas de gado.

Ibaneis Rocha já tinha mostrado sua face extremamente racista e preconceituosa quando ordenou o despejo de cerca de quase 30 famílias numa brutal desocupação que terminou com diversos feridos e presos em plena escalada de mortos pela pandemia do coronavírus.

Saiba mais: Ato contra os despejos racistas de Ibaneis denunciam repressão em meio a pandemia no DF




Tópicos relacionados

Bolsolão   /    BolsonaroGenocida   /    Comunidade Escolar   /    Reabertura das escolas   /    Bolsonaro   /    Ibaneis Rocha   /    Governo Bolsonaro   /    Escolas   /    Jair Bolsonaro   /    Educação   /    Brasília   /    Política

Comentários

Comentar