×

Ataque às terras indígenas | Pistoleiros e fazendeiros fazem ataque covarde e reacionário contra Pataxós na Bahia

Indígenas do território Barra Velha, no município de Porto Seguro na Bahia, se encontram sob ataque de pistoleiros e fazendeiros. Segundo a denúncia de um vídeo do indígena pataxó, o ataque está vindo da fazenda Brasília.

domingo 14 de agosto | 14:22

Liderança indígena Pataxó denuncia ataque covarde e reacionário de fazendeiros e pistoleiros contra o território indígena Barra Velha, no município de Porto Seguro, Bahia:

“Nós somos dependentes dela, enquanto indígenas: dependemos da natureza para sobreviver. Por isso a gente se encontra numa situação dessa, de pistoleiros e fazendeiros fazendo esse grande ataque contra nosso povo. Vocês tomem providência, vão acompanhando e divulgando para que o brasil e o mundo venha a entender essa realidade que está acontecendo. A fúria de pistoleiros e fazendeiros contra a demarcação de nossos territórios indígenas. Território Barra Velha do município de Porto Seguro, Bahia.

Veja o vídeo:

Tomem providência para que nosso povo não seja exterminado diante de uma situação dessa. Já levei ao conhecimento do policial federal. Como nosso povo está na região na área de reivindicação, que é uma área que fica em frente a Aldeia Cassiana, próximo ao parque. E esse ataque está vindo da fazenda Brasília, atacando nosso povo que se encontra na área da fazendo do Café. Esse ataque está vindo em direção ao nosso povo.”

É urgente a mais ampla solidariedade ao povo Pataxó pelo cessar dos ataques e pela demarcação das terras indígenas. Os sindicatos e centrais sindicais tem que tomar para si essa luta, unificando trabalhadores ao povo Pataxó e todos que são alvo da fúria de fazendeiros, do agronegócio e dos ataques do governo Bolsonaro. Sem nenhuma ilusão no STF que é a justiça que garante que territórios indígenas sejam atacados e ameaçados. O estado da Bahia, governado por Rui Costa do PT, é responsável pela situação. É urgente que as centrais sindicais rompam sua agenda eleitoral e se coloquem ativamente ao lado da luta indígena em defesa de seus territórios, unificando trabalhadores e povos indígenas contra os ataques.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias