×

PETROBRAS | Petroleiros da PBIO farão ato na sede da Petrobras amanhã, no sétimo dia de greve

Ações de solidariedade e união com os grevistas da PBIO tem acontecido em diversas unidades da Petrobras. Amanhã ocorrerá manifestação na sede da Petrobras.

terça-feira 25 de maio | Edição do dia

Foto: Sindipetro LP - 24/05)

Em seu sexto dia de greve, como uma forte adesão na Usina e nas fábricas de Monte Claro em MG e Candeias na BA, os Petroleiros da Petrobras Bio combustível organizaram ações em diversos locais do país nas sedes e plantas da Petrobras.

A greve mostrou força na subsidiária com forte adesão PBIO, e organizou um calendário que incluiu um chamado às duas federações, a FUP e a FNP, para que houvesse paralisações e atrasos na entrada das outras plantas da empresa na segunda-feira.

No dia de hoje, tivemos notícia da continuação de atrasos e manifestações que são continuidade destas ações, com a categoria e os grevistas da PBIO construindo a greve. Essas ações ocorreram no Terminal de Cubatão, na RNEST (Suape, PE) e atraso de turno no CENPES (no Rio de Janeiro).

No Rio de Janeiro, uma manifestação que está marcada para amanhã, às 8h no Edifício Sede da Petrobras, o Edise, na Av. Chile, centro do Rio.

O Esquerda Diário esteve presente cobrindo ontem o atraso ocorrido no Terminal Aquaviário da Baia de Guanabara (TABG), e também compareceu para apoiar os petroleiros na Usina de Biodiesel Darcy Ribeiro, em Montes Claros, MG. (veja os links) Houveram ainda atrasos nas refinarias, de Betim em Minas Gerais (REGAP), de Cubatão em São Paulo (RPBC), de São José dos Campos (REVAP) também em São Paulo, a do Rio Grande do Sul (REFAP).

A greve dos trabalhadores da PBIO precisa ser apoiada por toda a categoria petroleira, unindo democraticamente todas as bases impondo a unidade também em torno de uma pauta que toca todos os trabalhadores da Petrobras, contra as privatizações. É preciso unir também a categoria petroleira com outras categorias em luta. Por isso é importante o chamado da categoria à manifestação amanhã na frente do Edise, bem como o chamado para que os petroleiros construam colunas nas manifestações contra Bolsonaro convocadas para o próximo dia 29 em diversas capitais do país.

Leia também: Fora Bolsonaro, Mourão e os militares!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias